segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Composições ♪ ♫ Embalos ♫ Letras

ELETRÓpera-TECHNÓpera  - "Belém Medelim"

Vocal Masculino:

furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum

Vocal feminino:

Belém Medelim
Belém Medelim
Belém Medelim
Belém Medelim
Belém Medelim
Belém Medelim
Belém Medelim
Belém Medelim
Belém Medelim
Belém Medelim
Belém Medelim

Vem ver, é para ti
Vem ver, é para ti
Vem ver, é para ti

Vocal Masculino:

furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum

Ramo ré
Foste
Ramo ré
Foste
Ramo ré
Foste

Vocal feminino:

Belém Medelim
Belém Medelim
Belém Medelim
Belém Medelim
Belém Medelim
Belém Medelim

Vem ver, é para ti
Vem ver, é para ti
Vem ver, é para ti

Vocal Masculino:

Playa
Playa
Playa
Playa
Playa
Playa

furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum
furunfumfum

*************************************************

EQUIPE FAUNA - A ALPACA (Funk de Fronteira)


É coro bom
Com muita sensualidade
Mas estou em extinção por conta dessa maldade

Virei Fibra
Virei Blusa
Virei Artigo de Luxo

Virei mala de garupa
A caminho de Cusco

É no passinho
É no passinho } 3X
É no passinho da Alpaca

Ataca ataca a Alpaca
Ataca ataca a Alpaca
Ataca ataca a Alpaca

É coro bom
Com muita sensualidade
Mas estou em extinção por conta dessa maldade

Ataca ataca a Alpaca
Ataca ataca a Alpaca
Ataca ataca a Alpaca

Virei mala de garupa
A caminho de Cusco
Socorro, embaixador
Achei isso um abuso.

É no passinho
É no passinho } 3X
É no passinho da Alpaca


*************************************************
RAP Restrito - O vilão da moral

Jóia é meu amor, teu amor, meu louvor.

Estupor na sua cara. Bate o dia na labuta...

...FILHA DA PUTA...


Segue são nessa disputa, dia a dia mais além.

Manda bala, manda pau, sai andando...

...É DI NINGUÉM, É DI NINGUÉM...


O vale do prazer é o final do caminho

Te encontro confortável no ninho,
É carinho a propensão?
Quer pensão pro seu filho?
A ti todo dinheiro, foge pra fronteira...

...LIGEIRO, LIGEIRO...


Segue são nessa disputa, dia a dia mais além.

Manda bala, manda pau, sai andando...

...É DI NINGUÉM, É DI NINGUÉM...


Jóia é meu amor, teu amor, meu louvor.

Estupor na sua cara. Bate o dia na labuta...

...FILHA DA PUTA...


Cruzou o meu caminho o tolo enganado

Seguiu o papo reto, o demônio enrascado
Resolva a situação e se livra do rato.
Jóia é meu amor, teu amor, meu louvor.

FILHA DA PUTA MASCARADO.


Na moral...Tá errado...



*************************************************

Frexé - SENTA A PERNADA (Frevo com Axé)

Quié qui tá?

Qui qui tá pegando?

Ao léu, ao léu, ao léu


Abandonou a cega andando


Quié qui tá?


Qui qui tá pegando?


Parô babou, parô babou


Acaba se amarrando.


Pega a corda na rua de pedra


Senta a perna, senta a perna


De dois pra cá e vinte pra lá.


Vá logo embora


Leva a cega pra nanar.


Ao léu, ao léu, ao léu


Abandonou a cega andando


Quié qui tá?


Qui qui tá pegando?

--
Parô babou, parô babou
--
Acaba se amarrando.

Quié qui tá?


Qui qui tá pegando?


Quié qui tá?


Qui qui tá pegando?

--
Parô babou, parô babou
--
Senta a perna, senta a perna

De dois pra cá e vinte pra lá.


Vá logo embora


Leva a cega pra nanar.


Ao léu, ao léu, ao léu, ao léu, ao léu, ao léu, ao léu, ao léu, ao léu

.
.
.
Alôu?
*************************************************


Pagodismo - CARTEIRO APAIXONADO


"Ela entrou em minha cabeça e disse - quero fazer amor -


Escreveu dez mil cartas para um bobo apaixonado

Agora penso nela com carinho e excitado


---

---refrão---

Correio é aqui em cima


Lá embaixo é o motel


Quero ver a sua carta


Vou fazer o meu papel


---refrão---


Correio é aqui em cima


Lá embaixo é o motel


Quero ver a sua carta


Vou fazer o meu papel


---refrão---


Correio é aqui em cima


Lá embaixo é o motel


Quero ver a sua carta


Vou fazer o meu papel


---


Ela entrou em minha cabeça e disse - quero fazer amor -


Escreveu dez mil cartas para um bobo apaixonado


Agora penso nela com carinho e excitado"
  
 
************************************************* 
 


Metral - DIMETIL

Senhor destruição

Senhor destruição } Coro
Senhor destruição

Narrativa degradada

Minha vida adulterada
Com o toque refinado
O peso em ouro é dobrado

Senhor destruição

Senhor destruição } Coro
Senhor destruição

Meu punho

O martelo da moral
Esmaga e marca
Maldito contraproducente / Soprano da vida no umbral

Dimetilaminofenildimetilpirazo
lona

Senhor destruição

Senhor destruição } Coro
Senhor destruição

Dimetilaminofenildimetilpirazo
lona

O peso em ouro é dobrado

O martelo da moral
Maldito contraproducente / Soprano da vida no umbral.

*************************************************

(c) Sérgio Ferrari

Todas as letras estão a venda. Tratar aqui.