sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

No leito carroçavel

Sinais que motoristas dão e que não constam nas cartilhas de trânsito:
 
Quando o trânsito para bruscamente é comum acender o pisca alerta para indicar a frenagem iminente.



Na mão dupla das rodovias, as vezes alguém na mão contrária pisca o farol alto, o que indica a presença de policia rodoviária e algum problema adiante.



Duas buzinadas curtas significam um agradecimento.



Piscar os faróis e buzinar é sinal universal que lá vem um filho da puta.



Em trecho de serra, quando há neblina, é comum o motorista reduzir a velocidade e rodopiar pela pista buzinando e gesticulando para indicar o perigo do local.



Durante chuva de granizo, é comum acelerar um pouco a mais com o capô aberto, evitando assim que o vidro da frente fique riscado.



Em pedágios é comum sarrar um frango assado enquanto se espera o troco.



Seta esquerda ligada, sinal de prostitutas em ultrapassagem perigosa.



Seta direita ligada é sinal de que o motorista está tomando um café quente e pede-se cautela.



<>